Wanderlei Barbosa exonera nove secretários do núcleo de confiança de Carlesse

Wanderlei Barbosa (sem partido) está há uma semana como governador interino do Tocantins e já fez diversas movimentações políticas e se aproximou de muitos influentes que são críticos do governador afastado Mauro Carlesse (PSL), como a Kátia Abreu (PP) por exemplo.

Ao assumir, Wanderlei anunciou que não tomaria medidas drásticas na gestão, garantindo ao secretariado que o ‘mesmo grupo’ continuaria à frente do Palácio Araguaia, mas Wanderlei já exonerou nove integrantes do 1º escalão, os mais próximos de Carlesse e rumores sobre um possível racha no grupo já surgiram.

Entre os exonerados estão Tom Lyra, Élcio Mendes, Luiz Edgar Leão Tollini, nomes importantes do governo de Carlesse. Com essa reforma administrativa, Wanderlei Barbosa pretender fazer um alinhamento da gestão com pessoas ligadas diretamente ao seu grupo político.

Compartilhe com facebook
Compartilhe com twitter
Compartilhe com linkedin
Compartilhe com skype
Compartilhe com telegram
Compartilhe com whatsapp