Violência: Estudante esfaqueado passa por cirurgia e segue internado sem previsão de alta

A briga que deixou o aluno ferido aconteceu na última terça-feira (21) na Escola Municipal Sávia Fernandes Jácome, no setor Bela Vista, durante uma competição esportiva. Dois adolescentes suspeitos foram apreendidos e autuados por ato infracional análogo a tentativa de homicídio. Os dois têm 15 anos.

Um dos adolescentes suspeitos também era estudante da escola. A Secretaria Municipal de Educação (Semed) afirma que a faca usada no ato infracional teria sido passada pelo muro.

O estudante de 13 anos que foi esfaqueado dentro de uma escola municipal de Palmas continua internado. O adolescente sofreu um corte profundo no braço e recebe cuidados médicos no Hospital Geral de Palmas (HGP). Ele passou por cirurgia e ainda não há previsão de alta.

A direção da escola diz ver a situação como uma tragédia e afirma estar dando toda a assistência necessária à família da vítima. A agressão serviu de alerta para educadores.

“Os alunos ficaram dois anos fora da escola e de certa forma perderam um pouco essa rotina escolar. Eles estão em fase de adaptação novamente. Nós precisamos apoiar esses alunos nas competências socioemocionais que muitas vezes voltaram abaladas devido a perdas e sofrimentos durante a pandemia “, disse Verni Oliveira, representante da Secretaria de Educação.

A mãe da vítima quer que as investigações sejam aprofundadas. “Quero justiça. Que vá em frente, seguir a justiça. É o que eu quero nesse momento”.

Compartilhe com facebook
Compartilhe com twitter
Compartilhe com linkedin
Compartilhe com skype
Compartilhe com telegram
Compartilhe com whatsapp