Vereador Marilon Barbosa (DEM) nega envolvimento em assassinato de agricultor

Marilon publicou uma nota de repúdio descartando qualquer envolvimento no caso.

Após o assassinato do agricultor Roberto Muniz Campista de 50 anos, no Distrito de Taquaruçu, em Palmas, na sexta-feira (16), internautas começaram a questionar o envolvimento da família do vereador Marilon Barbosa (DEM) com o caso, o político é irmão do vice-governador do Estado do Tocantins, Wanderlei Barbosa (sem partido), e tio do deputado estadual Léo Barbosa (SD).

O crime teria sido motivado por disputa de terras na região, a Associação Serra de Taquaruçu afirmou, em nota, que Roberto Muniz estava recebendo ameaças de mortes constantes e que uma ”família poderosa” estaria envolvida na disputa, mas não mencionou nomes.

Diante dos boatos de envolvimento da Família Barbosa, Marilon Barbosa divulgou uma nota de repúdio e esclarecimento. Veja na íntegra:
Nota de Repúdio

“Foi com surpresa, decepção e indignação que tomei conhecimento, através de grupos de WhatsApp de episódio infame, maldoso e traiçoeiro envolvendo o meu nome, minha dignidade e minha família, no trágico crime do senhor Roberto Muniz Campista.

Repudio veemente toda e qualquer forma maldosa e caluniosa de vincular o meu nome e de minha família neste episódio. Quem nos conhece sabe muito bem, sempre pautamos nossas vidas seja profissional, pública e pessoal, na valorização moral, respeito e retidão, sendo inimaginável ser acusado de algo dessa natureza.

Faço questão de frisar, que tenho total interesse na revelação ampla e total de todos os fatos, e verão cair essa farsa caluniosa, na qual não desejo para nenhum cidadão. Às autoridades responsáveis pela investigação do caso, me coloco ao inteiro dispor, para desmistificar o quanto são mentirosas as notícias veiculadas com o meu nome e de minha família.

Confio no trabalho da Segurança Pública do Estado do Tocantins, e na Justiça, e sei que ficará provado que jamais houve nada da minha parte, que pudesse chegar perto de um comportamento tão ardiloso como este.

É lastimável ver meu nome envolvido nesse enredo calunioso e difamatório, com o nítido viés de manchar o meu nome, em função do cargo que ocupo. Assim, aguardarei a conclusão das investigações antes de fazer qualquer outra manifestação, pois, não pretendo ser atirado nesse território sórdido.

A verdade aparecerá e eu a aguardarei na mais completa e inabalável serenidade. Volto a dizer que, não cometi ilícito algum e estou à disposição das autoridades para quaisquer esclarecimentos que se fizerem necessários.

Por fim, lamento o falecimento do senhor Roberto Muniz Campista, antigo morador do nosso Distrito de Taquaruçu e externo minha solidariedade e respeito aos filhos, familiares e amigos.

Vereador MARILON BARBOSA”

Compartilhe com facebook
Compartilhe com twitter
Compartilhe com linkedin
Compartilhe com skype
Compartilhe com telegram
Compartilhe com whatsapp