Três anos após assassinato do ator Rafael Miguel, Paulo Cupertino é preso

O empresário estava foragido desde o dia 9 de junho de 2019.

Paulo Cupertino, empresário acusado de matar o ator Rafael Miguel, foi preso nesta segunda-feira (9) em São Paulo. O crime aconteceu no dia 9 de junho de 2019, o empresário não aceitava o namoro do rapaz com a filha e matou o garoto, que tinha apenas 22 anos, e os pais do ator.

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Paulo Cupertino foi incluído na Difusão Vermelha da Interpol, como um dos criminosos mais perigosos e procurados de São Paulo. Ele é acusado de triplo homicídio duplamente qualificado, por motivo fútil e recurso que impossibilitou a defesa das vítimas.

Além de Cupertino, outro dois amigos também são acusados de terem contribuído para o crime e ajudado o réu a fugir.

Compartilhe com facebook
Compartilhe com twitter
Compartilhe com linkedin
Compartilhe com skype
Compartilhe com telegram
Compartilhe com whatsapp