Tocantins 33 anos: conheça a história da independência do estado mais jovem do país

Criado em 05 de outubro de 1988 a partir da divisão de Goiás na parte norte.

O movimento separatista começou a ganhar força a partir de 1821, com a proclamação, ainda que sem sucesso, do Governo Autônomo de Tocantins. Em 1920 com a criação do Distrito Federal e a construção da capital Brasília, a região norte começa a se desenvolver, atraindo imigrantes e expandindo a agricultura e o comércio.

A proposta de separação chegou a ser apresentada e aprovada no Congresso Nacional duas vezes, mas foram negadas pelos presidentes João Figueiredo e José Sarney.

Com a promulgação da Constituição em 1988, finalmente é aceita e cria-se o estado do Tocantins. Miracema foi definida como capital provisória enquanto Palmas fosse construída. Assim como Brasília, Palmas é uma capital planejada, emancipada em 1990. Os primeiros empossados como governantes do estado foram José Wilson Siqueira Campos e Darci Martins como seu vice, além deles os senadores Moisés Abrão Neto, Carlos Patrocínio e Antônio Luiz Maya.

No dia 5 de outubro de 1989, foi promulgada também a primeira Constituição do estado, criando mais 44 municípios tocantinenses. Hoje o Tocantins possui 139 municípios com 1,5 milhão de habitantes e uma economia que tende a crescer cada vez mais.

Compartilhe com facebook
Compartilhe com twitter
Compartilhe com linkedin
Compartilhe com skype
Compartilhe com telegram
Compartilhe com whatsapp