Suspeito de matar padrasto a marretadas é preso em Araguaína

Autor do crime ainda ateou fogo no corpo da vítima. Polícia suspeita que a motivação do crime tenha sido uma discussão familiar.

Foi preso nesta quinta-feira (7) um homem, de 38 anos, suspeito de matar Faustino Brito Lima a marretadas em Babaçulândia. O suspeito é enteado da vítima e o assassinato teria acontecido após uma discussão familiar.

O corpo de Faustino foi encontrado na última segunda-feira (28) às margens da TO-222 com marcas de agressões e queimaduras. As investigações apontam que a morte teria ocorrido no dia anterior. “Após discutir com sua companheira, que é mãe do suspeito, a vítima teria sido atacada a golpes de marreta e teve seu corpo queimado”, conta a Polícia Civil.

O suspeito teria levado o corpo para a rodovia na tentativa de ocultar o crime. Detido, o homem foi levado à Unidade Prisional de Araguaína e fica à disposição da Justiça.

Compartilhe com facebook
Compartilhe com twitter
Compartilhe com linkedin
Compartilhe com skype
Compartilhe com telegram
Compartilhe com whatsapp