Suspeito de estuprar menina de 12 anos atraía vítima com celular e doces

Homem foi preso em Colinas do Tocantins. Segundo as investigações, os abusos aconteciam há mais de um ano.

Um homem de 54 anos foi preso nessa quarta-feira (11) em Araguaína, norte do estado, suspeito de estuprar várias vezes uma menina de apenas 12 anos. Segundo a Polícia Civil, o suspeito atraía a vítima com celular e doces. A prisão aconteceu após a mãe da menina ver o homem acariciando a filha de maneira imprópria e procurou uma delegacia.

De acordo com as investigações, o homem vinha cometendo os abusos há mais de um ano. O delegado responsável pelo caso, João Luís Jucá, contou que o homem entregava o próprio celular para a menina brincar e também oferecia doces e dinheiro para que ela não contasse a ninguém.

“O homem dava dinheiro a ela, entregando quantias que variavam de R$ 20 a R$ 50. Posteriormente, o indivíduo levava a criança para um dos quartos de sua residência onde cometia os abusos sexuais”, contou o delegado.

Os crimes foram descobertos após a mãe da vítima flagrar o homem acariciando e agarrando a filha. Assim que viu, a mulher procurou uma delegacia da Polícia Civil e fez uma denúncia.

O suspeito foi localizado e preso no Parque de Exposições da cidade, levado para a Delegacia de Colméia e encaminhado à Cadeia Pública do município, onde fica à disposição da Justiça.

Compartilhe com facebook
Compartilhe com twitter
Compartilhe com linkedin
Compartilhe com skype
Compartilhe com telegram
Compartilhe com whatsapp