Signal testa novos recursos de áudio para competir com o WhatsApp

O beta 5.16.0 do Signal Private Messenger foi lançado nesta quinta-feira (8) e testa dois novos recursos para mensagens de voz. Além da possibilidade de diminuir e acelerar a reprodução de áudios, o consumidor também pode salvar rascunhos de discursos.

Fonte: Reprodução/Android Police

As “novidades” já estão disponíveis no WhatsApp, tirando a opção de diminuir velocidades. No Signal, a mudança no ritmo da mensagem funciona através de um pequeno botão “x2” no canto inferior direito do áudio. O usuário escolhe a cadência da mensagem apertando várias vezes na tela — a interface informa a atual.
Por fim, caso você tenha que largar o smartphone durante a gravação, o Signal irá salvar um rascunho do seu discurso. Quando voltar ao celular, o áudio estará presente na tela para envio rápido. Você não pode adicionar conteúdo, mas não terá que gravar tudo de novo.
Signal alcançando o WhatsApp
Em abril de 2021, o WhatsApp também testou recursos de velocidades na sua versão beta da Play Store. Além disso, o app deixou as prévias de vídeos e imagens maiores e disponibilizou mensagens temporárias em grupos como opções normais.
As mudanças recentes refletem a competitividade entre esses dois serviços e o Telegram. No começo do ano, o mercado de mensagens sofreu com grandes movimentações devido às novas diretrizes de uso do WhatsApp.
Desenvolvida pela empresa sem fins lucrativos Signal Foundation, o Signal é um software de código aberto que foca na privacidade dos consumidores. O serviço oferece opções como a opção de borrar rostos em fotos e até pagamentos com criptomoedas. Você pode conferir o servidor do projeto no GitHub.
A nova versão de testes do Signal está disponível no Google Play e no APK Mirror.

Compartilhe com facebook
Compartilhe com twitter
Compartilhe com linkedin
Compartilhe com skype
Compartilhe com telegram
Compartilhe com whatsapp