Setor Morada do Sol, com apoio da Adetuc, recebe espetáculo de circo ‘As Charlatonas’, neste sábado, 20

A comunidade do setor Morada Sol, em Palmas, vai poder assistir a segunda apresentação, nesta sexta-feira, 20, às 18h, na Praça da Cidadania (antiga Praça CEU), o espetáculo circense ‘As Charlatonas’. O evento é uma realização Trupe-Açu, e conta com apoio do governo do Tocantins, por meio da Agência de Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc). O espetáculo estreou nesta quinta-feira, 19, no setor Morada do Sol.

O espetáculo conta a história de duas palhaças, Tapioca e Girassol, que sobrevivem da venda de suas invenções na rua, discutindo e apresentando o desenvolvimento da sociedade através da valorização de descobertas e invenções feitas por mulheres ao longo da história.

As duas apresentações respeitam os protocolos de segurança, com o distanciamento do público, uso de máscara de proteção facial, e com limite de 20 pessoas por espetáculo.

Segundo informações da Trupe-Açu, o trabalho tem como objetivo mostrar a valorização da história das mulheres por meio da comicidade. ‘As Charlatonas’ parte das linhas de pesquisa que norteiam os trabalhos da companhia: a palhaçaria, a comicidade da mulher, a cultura afro-indígena e a cultura regional tocantinense.

O espetáculo tem criação, produção e encenação das artistas circenses Ester Monteiro, a palhaça Tapioca, e Giovana Kurovski, a palhaça Girassol.

Para o presidente da Adetuc, o espetáculo é de grande importância e busca valorizar o papel da mulher na sociedade. “O projeto é relevante porque além de levar diversão para comunidade, transmite, de forma divertida, o potencial das mulheres na realização de múltiplas habilidades no decorrer dos tempos”, destacou o presidente Jairo Mariano.

O espetáculo busca resgatar a história da humanidade e o protagonismo feminino ao longo dos séculos. A ideia central da montagem não é apenas contar a história de duas palhaças, mas também de diversas histórias de mulheres que marcaram o mundo com suas invenções e descobertas (cientistas, inventoras, empresárias). Todo o enredo gira em torno da relação das duas palhaças que têm diferentes visões de mundo, mas que amparam uma à outra da forma como conseguem.
Projeto
Este projeto foi contemplado pelo Prêmio Aldir Blanc Tocantins do Governo do Estado do Tocantins, com apoio do Governo Federal – Ministério do Turismo – Secretaria Especial da Cultura, Fundo Nacional de Cultura

Compartilhe com facebook
Compartilhe com twitter
Compartilhe com linkedin
Compartilhe com skype
Compartilhe com telegram
Compartilhe com whatsapp