Secretário Tom Lyra, participa da 100ª Reunião Ordinária do CDE-TO

CDE-TO aprova concessão de benefícios fiscais para seis empresas e apoio financeiro para projetos de desenvolvimento econômico

Atuando para a atração de novos investidores e com foco no crescimento das empresas já implantadas no Tocantins, foi realizada na última terça-feira, 24, a 100ª Reunião Ordinária do Conselho de Desenvolvimento Econômico do Estado do Tocantins (CDE-TO). O encontro aconteceu por videoconferência, atendendo as medidas de prevenção para evitar a propagação do coronavírus.

No encontro, os conselheiros aprovaram a concessão de seis novos incentivos fiscais para empresas que atuam no setor da agroindústria, metalurgia, laticínios e na distribuição de medicamentos. As beneficiadas têm capacidade de gerar cerca de 180 empregos diretos, e, assim, contribuir para o desenvolvimento econômico e social dos municípios onde estão implantadas.

Entre as empresas que conseguiram a aprovação do CDE-TO, está a Granare Comércio e Secagem, instalada na cidade de Lagoa da Confusão; Agrominas Produtos Agropecuários LTDA e o Laticínio Santa Fé do Leste, ambas com sede em Araguaína; Drograria FS Eireli, localizada em Palmas, e a Cerealista Jalapão Beneficiamento de Arroz Eireli e a Metalúrgica do Norte, que estão implantadas em Gurupi.

Para o secretário da Indústria, Comércio e Serviços (Sics) e presidente da Agência de Mineração do Estado do Tocantins (Ameto), Tom Lyra, a concessão desses benefícios fomentará o crescimento e o desenvolvimento econômico dos municípios e contribuirá com o avanço social da população residente nos mesmos, assim como determinam as diretrizes do governador Mauro Carlesse.

“Temos uma gestão que preza pela escalada econômica do Estado e acredita na força dos municípios. Isso mostra a força do nosso Tocantins. Temos os melhores incentivos fiscais do País e, na gestão de Mauro Carlesse, isso fica evidente. Muito tem sido feito para que mais investidores venham para o Estado e instalem seus empreendimentos aqui. Acreditamos em um crescimento exponencial e que alcance de forma igualitária todos os 139 municípios”, esclareceu o titular da Sics, acrescentando que a geração de emprego e renda é um dos caminhos para a retomada da economia.

Campanha Natalina 2021

Ainda na reunião, foram apresentados projetos que visam ao desenvolvimento econômico dos municípios tocantinenses e ao fortalecimento dos setores produtivos estaduais.

Entre as propostas apresentadas, está o aporte financeiro para a realização das campanhas natalinas nas associações comerciais. O projeto foi apresentado pelo presidente da Federação das Associações Comerciais e Industriais do Estado do Tocantins (Faciet) e conselheiro do CDE-TO, Fabiano do Vale.

A proposta aprovada tem como objetivo incentivar o consumo de produtos e serviços do comércio local, em especial, durante datas, a exemplo do Natal, período no qual as pessoas costumam comprar mais.

O presidente da Faciet, Fabiano do Vale, na ocasião, agradeceu o incentivo recebido e considerou de suma importância a parceria entre o Estado e os empresários locais.

“O secretário Tom Lyra e o governador Mauro Carlesse têm contribuído muito com o fortalecimento do empresariado tocantinense. Contar com essa ponte de ligação entre o público e o privado mostra que estamos lutando pelo mesmo objetivo, e faz com que acreditemos em um futuro de mais desenvolvimento e geração de oportunidades para todos”, pontuou.

Casa de farinha

Outro projeto apresentado e aprovado pelos conselheiros foi a implantação de uma casa de farinha para os pequenos agricultores da Associação Micro-Jandira de Gurupi. A proposta foi apresentada pela Diretora de Indústria e Comércio do município, Daniella Prudente Vitorino. O recurso aprovado será utilizado para a construção do espaço e, também, destinado à compra de equipamentos para a produção de farinha.

Atualmente, os agricultores da associação produzem 140kg de farinha por dia. Com a implantação do novo espaço, a expectativa é de que a produção chegue a 1.000kg por dia.

Tocantins +Competitivo

Outra proposta aprovada pelo CDE-TO, foi o redirecionamento de recursos do Projeto Empreende Tocantins, para o Tocantins +Competitivo. O novo projeto, que tem como objetivo fortalecer e promover a competitividade de pequenos empreendimentos, por meio do aprimoramento da gestão das empresas já instaladas no estado, visando a otimização e o aperfeiçoamento dos produtos e da prestação de serviços entregues ao consumidor final.

Compartilhe com facebook
Compartilhe com twitter
Compartilhe com linkedin
Compartilhe com skype
Compartilhe com telegram
Compartilhe com whatsapp