Programa Criança Feliz de Tocantínia é destaque em Seminário Nacional da Primeira Infância

A equipe do Programa Criança Feliz (PCF) de Tocantínia, a cerca de 90 km da capital, Palmas, está entre os dez municípios brasileiros que participam e recebem prêmio durante o Seminário Nacional da Primeira Infância, promovido pelo Ministério da Cidadania, por desenvolvem ações bem sucedidas no âmbito do Programa Criança Feliz. O município tocantinense será premiado pelo trabalho desenvolvido pelo Comitê Gestor Municipal Intersetorial. do PCF.

O Seminário Nacional da Primeira Infância acontece em Brasília (DF), entre os dias 24 e 26 de agosto. O objetivo geral do evento é discutir a importância do fortalecimento das Políticas Públicas para Primeira Infância, de modo a refletir sobre os aspectos da intersetorialidade, focalização dos públicos e o olhar para a territorialidade.

Premiação

O município de Tocantínia recebe a premiação na sexta-feira, 26, durante a Cerimônia de Homenagens com reconhecimento aos municípios com experiências exitosas de comitês gestores e dos parceiros do Programa Criança Feliz.

Ministro da Cidadania, João Roma, ao centro, com representantes da Coordenação Estadual e gestores municipais de Tocantínia, do PCF no Tocantins: Setas/Governo do Tocantins

Na comitiva do Tocantins, participam do evento, a Coordenadora Estadual do PCF, Katilvânia Guedes, a Pedagoga da Setas e multiplicadora do PCF Simone Chaves. De Tocantínia, a supervisora municipal do PCF, Núbia Mellanes e a Secretária de Assistência Social do município de Tocantínia, Ana Paula Ribeiro de Andrade.

“O município de Tocantínia participou de uma pesquisa, junto à Secretaria Nacional de Atenção à Primeira Infância, nessa pesquisa foram selecionados dez municípios brasileiros, entre eles Tocantínia, que foi convidado, pela mesma secretaria a participar presencialmente do evento, informou. “É importantíssimo que os estados e municípios compartilhem as experiências exitosas para que as Políticas de Atenção à Primeira Infância cheguem até nossas crianças, com qualidade”, argumentou.

“Para nós é uma grande honra participar do Seminário e receber essa homenagem, mas o principal é o fortalecimento das Políticas Públicas voltadas para a Primeira Infância”, afirmou Ana Paula.

O Programa Criança Feliz (PCF) é uma iniciativa do Governo Federal, tendo gestão compartilhada com o Governo do Tocantins e os municípios. No Tocantins, o programa é coordenado pela Secretaria de Estado do Trabalho e Desenvolvimento Social (Setas) e executado pelos municípios.

A coordenadora Estadual do Programa Criança Feliz no Tocantins, Katilvânia de Souza Guedes, destacou o desafio, para as equipes do Governo do Tocantins, por meio da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (Setas), em dar continuidade ao trabalho de orientação às equipes municipais para manter o nível do atendimento às famílias nas aldeias, durante a pandemia. “As parcerias com as equipes da Saúde e da Funai tornaram possíveis os atendimentos, sendo que muitos foram de modo virtual e outros tiveram de acontecer presencialmente. Todas as visitas prersenciais foram realizadas por visitadora indígena e respeitadas as singularidades das famílias”, reforçou ela.

A coordenadora se refere ao fato de que os encontros acontecem em língua nativa, e em respeito à cultura local, todos os brinquedos são confeccionados com matéria-prima encontrada no Cerrado.

Representantes da Coordenação Estadual e de equipe municipal do PCF de Tocantínia, em companhia da Secretária Nacional de Apoio à Primeira Infância – SNAPI (blusa verde) e da Secretária Nacional de Assistência Social- SNAS ( vestido branco): Setas/ Governo do Tocantins

Comunidades Indígenas

O município de Tocantínia foi o primeiro no Brasil a atender comunidades indígenas, com o Programa Criança Feliz. No Tocantins o PCF atende comunidades indígenas nos municípios de Tocantínia e Tocantinópolis, regiões central e norte do estado, respectivamente.

Nem Tocantínia, 95 das 180 famílias atendidas pelo PCF são indígenas e 70% das visitas, antes da pandemia, aconteciam dentro das aldeias. “Seis equipes do PCF atendem 28 das 90 aldeias da região. O município foi também o primeiro no Brasil a realizar as visitas de atendimento à primeira infância nas comunidades indígenas e esse atendimento é realizado por uma visitadora também indígena, afirmou a multiplicadora estadual Joelma Santiago.

Criança Feliz

O Programa Criança Feliz completou quatro anos em outubro e já fez mais de um milhão de visitas. São mais de 898 mil crianças, 881 mil famílias e 202 mil gestantes atendidas em 2.783 municípios de todas as unidades federativas do Brasil.

O programa foca no desenvolvimento integral das crianças brasileiras, principalmente as que se encontram em situação de vulnerabilidade social. O principal objetivo é assegurar, com estratégias de visitação familiar, as condições para que elas desenvolvam seus potenciais.

As visitas domiciliares atendem famílias com gestantes e/ou crianças de até três anos de idade, inseridas no Cadastro Único e beneficiárias do Programa Bolsa Família (PBF). E até seis de idades se a criança for beneficiária do Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Compartilhe com facebook
Compartilhe com twitter
Compartilhe com linkedin
Compartilhe com skype
Compartilhe com telegram
Compartilhe com whatsapp