PL obriga agressores de animais a pagar pelas despesas de assistência veterinária e demais gastos

Visando coibir casos de agressão, maus-tratos e abandono de animais no Tocantins, o deputado estadual Jorge Frederico (MDB), apresentou na última quarta-feira, 18, o Projeto de Lei que obriga, nesses crimes, os agressores arcarem com as despesas de assistência veterinária e demais gastos decorrentes da agressão. Despesas de assistência veterinária e demais gastos por custos decorrentes da agressão.

E como forma de punição, o agressor ficará obrigado, inclusive, a ressarcir o Estado de todos os custos relativos aos serviços públicos prestados para o total tratamento do animal.

Outro ponto importante é que o agressor fica proibido de ter a tutela de animais de quaisquer espécies pelo período de 05 (cinco) anos, quando a violação se tratar de ofensa à integridade física do animal.

O parlamentar afirmou que o Estado precisa proteger os animais e punir aqueles que os agridem. “Também é preciso oportunizar ferramentas de conscientização dos agressores, e uma das formas, das mais eficazes, é quando se responsabiliza financeiramente, já que a pessoa vai saber o preço, literal e financeiro dessa agressão, além da punição social de não poder ser tutor por um tempo”, afirmou Jorge Frederico.

Compartilhe com facebook
Compartilhe com twitter
Compartilhe com linkedin
Compartilhe com skype
Compartilhe com telegram
Compartilhe com whatsapp