PF investiga gerentes bancários suspeitos de fraude em financiamentos no TO

Operação foi deflagrada nesta quarta-feira (13). Suspeitos são investigados por corrupção e lavagem de dinheiro.

A Polícia Federal deflagrou uma operação nesta quarta-feira (13) que investiga produtores rurais e gerentes de banco suspeitos de fraudarem financiamentos bancários. De acordo com as investigações, os suspeitos usavam nomes de terceiros pra desvios após conseguirem os recursos. As operações somaram pelo menos R$ 1,2 milhão.

A PF apurou que um grupo familiar usava empregados para solicitar financiamentos rurais, sem comprovação de produção. Assim que liberados, os valores eram repassados aos patrões, que quitavam outros financiamentos. Segundo a polícia, tais financiamentos eram feitos sem o devido plantio da lavoura que justificasse o crédito.

Além disso, a fraude envolvia funcionários do banco concedente, que recebiam benefícios para a aprovação dos financiamentos.

Os investigados devem responder por fraude em financiamento bancário, lavagem de dinheiro, corrupção passiva e corrupção ativa, somando 28 anos de prisão. Os investigados também poderão ter os bens penhorados para ressarcir a instituição financeira.

Compartilhe com facebook
Compartilhe com twitter
Compartilhe com linkedin
Compartilhe com skype
Compartilhe com telegram
Compartilhe com whatsapp