Petrobras elege José Mauro Coelho como novo presidente

A nova diretoria da Petrobras nomeou como novo presidente o candidato indicado pelo governo, José Mauro Coelho, que assumirá suas funções após a demissão do antecessor por Jair Bolsonaro, informou a empresa nesta quinta-feira(14) em nota oficial.

A Petrobras “informa que o seu Conselho de Administração, em reunião realizada esta quinta-feira, elegeu José Mauro Ferreira Coelho para o cargo de Presidente da companhia, para um mandato de um ano”, afirma o comunicado. A cerimônia de posse de Coelho será às 15h.

Coelho, técnico vinculado ao Ministério de Minas e Energia (MME), será o terceiro presidente da estatal desde que Bolsonaro chegou ao poder em janeiro de 2019.

Seu antecessor Joaquim Silva e Luna, foi demitido no final de março pelo presidente, que é muito crítico da política de preços da petroleira, cujos aumentos de combustível impactaram a inflação.

Na quarta-feira, Coelho foi eleito na assembleia geral de acionistas como membro do Conselho de Administração, requisito para sua nomeação como presidente.

Sua candidatura foi apenas uma semana antes, depois que o primeiro candidato do governo, o economista Adriano Pires, desistiu de assumir a empresa pela impossibilidade de se desvincular rapidamente de sua atividade privada, incompatível com a função.

Formado em química industrial e com mais de 25 anos de experiência no setor, Coelho atuou entre abril de 2020 e outubro de 2021 como secretário de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis, no âmbito do Ministério de Minas e Energia.

De 2020 até agora, ele foi presidente do Conselho de Administração da Pré-Sal Petróleo (PPSA), empresa pública vinculada ao MME.

A Petrobras agradeceu a Silva e Luna pelo seu “importante trabalho (…) sua liderança, dedicação e contribuição” como presidente.

Compartilhe com facebook
Compartilhe com twitter
Compartilhe com linkedin
Compartilhe com skype
Compartilhe com telegram
Compartilhe com whatsapp