Patrulha do Campo já apresenta resultados positivos na segurança da região

Com pouco mais de um mês em funcionamento, Patrulha do Campo do 3º BPM já apresenta resultados positivos
Desde a sua implantação no último dia 7 de julho, as equipes da Patrulha do Campo, iniciativa do 3º Batalhão da Polícia Militar, visitam semanalmente áreas rurais de cidades da região. Na etapa inicial, foram cadastradas 30 propriedades em Bom Jesus do Tocantins, Centenário, Pedro Afonso, Recursolândia, Tupirama e Tupiratins. As visitas continuam sendo feitas com o objetivo de abranger os outros cinco municípios atendidos pela unidade militar.

Durante o trabalho, os proprietários das fazendas, chácaras e sítios recebem o contato da Patrulha do Campo e o cadastramento das propriedades é feito se o dono (a) desejar. O telefone de contato de caseiros e proprietários também são anotados para que eles sejam incluídos no grupo de WhatsApp, onde se tem uma comunicação mais próxima e rápida.

Placas de identificação também serão afixadas em locais visíveis nas propriedades rurais que aderiram à iniciativa.

Parceria

A implantação da Patrulha do Campo é resultado da parceria entre a Polícia Militar do Estado do Tocantins, por meio do 3º BPM, e o Sindicato Rural de Pedro Afonso e Região (Sirpar), tendo como objetivo realizar um policiamento de proximidade com os moradores do campo, através de visitas e patrulhamento nas zonas rurais da região.

Conforme o subcomandante, Major Alen Costa, o intuito do 3º BPM é dar continuidade nas ações da Patrulha do Campo capacitando os militares através de cursos de aperfeiçoamento dentro do que já é feito na Patrulha Rural, projeto já instituído pela Polícia Militar do Estado do Tocantins em outras unidades operacionais da corporação.

Como participar

Os produtores rurais que desejarem receber a visita da Patrulha do Campo poderão entrar em contato através do número de telefone (63) 99112-3196 ou no 190 da Polícia Militar.

Balanço positivo

O presidente do Sindicato Rural de Pedro Afonso e Região (Sirpar), Albino Mazzola, afirma que já é possível ver mudanças na segurança das regiões contempladas pelo patrulhamento e que a aprovação dos produtores rurais é forte.

“O pessoal da área rural está vendo esse projeto da maneira mais positiva possível, pois além de terem visitas periódicas, estreitam as relações com a Polícia Militar facilitando, assim, coibir roubos e furtos, além de dificultar as ações de ladrões”, comentou o dirigente da entidade que conta com cerca de 370 associados.

O comandante do 3º BPM, Major Aderlan Pereira Santana, também já consegue ver resultados positivos no trabalho realizado. “A Patrulha do Campo tem tido um ótimo efeito na sensação de segurança nas propriedades rurais. Os proprietários e moradores estão demonstrando muita satisfação com as visitas e as reclamações de furtos e invasões nas fazendas e chácaras reduziram” acrescenta.

Compartilhe com facebook
Compartilhe com twitter
Compartilhe com linkedin
Compartilhe com skype
Compartilhe com telegram
Compartilhe com whatsapp