Parque Estadual do Jalapão bateu recorde de visitação

Um esquema de fiscalização especial foi montado por causa do aumento da demanda, com agentes na área das dunas e também da Área de Proteção Ambiental (APA) do Jalapão. Parte das equipes percorreu trechos nas margens do rio Novo, onde alguns turistas costumam acampar, para orientar sobre o descarte de lixo e os cuidados com fogo.

As dunas do Parque Estadual do Jalapão registraram 1.074 visitantes no período do carnaval, segundo o Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins). O atrativo é um símbolos do Tocantins e está entre os pontos turísticos mais visitados do parque. O número é semelhante ao registrado no período pré-pandemia. No mesmo feriado em 2019 foram 1.331 turistas.

Para o Naturatins o resultado pode ter sido influenciado pela proibição da realização de festas carnavalescas em várias partes do país, já que muitos aproveitaram o período para procurar destinos mais tranquilos e descansar.

No ano passado, o Parque Estadual do Jalapão bateu recorde de visitação. Foram 55.579 visitantes, maior número registrado desde 2012, quando começou a série histórica registrada pelo Naturatins.

Atualmente, nos atrativos que são administrados pelo estado, a visitação só é permitida com guia e agendamento. “As visitas precisam ser agendadas, com a presença de um guia/condutor ambiental, e o visitante não pode portar bebidas alcoólicas, fumar e nem levar animais domésticos, salvo cão-guia”, explica Rejane Nunes, supervisora da APA do Jalapão. Todos os visitantes precisam usar máscaras.

O limite de turistas por dia nas dunas é de 200 pessoas. Além disso, a visitação só pode ocorrer das 7h às 11h e das 14h às 18h.

Compartilhe com facebook
Compartilhe com twitter
Compartilhe com linkedin
Compartilhe com skype
Compartilhe com telegram
Compartilhe com whatsapp