Palmas continua vacinando apenas grupos prioritários e pessoas acima de 41 anos

Semus declara que a não ampliação da faixa de idade é para garantir a aplicação da 2ª dose.

Por conta da baixa quantidade de doses de vacinas contra a Covid-19 e para garantir a reserva para aplicação da 2ª dose, a Secretaria Municipal de Saúde de Palmas (Semus) continua vacinando os grupos prioritários, incluindo gestantes e puérperas acima de 18 anos, e pessoas sem comorbidade acima de 41 anos.

O agendamento deve ser feito no site: acesse o site. Confira abaixo as 13 Unidades de Saúde onde acontecerá as vacinações:

A meta da Secretaria era ampliar a faixa de idade a partir de sábado, 24. No entanto, com apenas cinco mil doses entregues pelo Governo do Estado, não será possível fazer isso. Palmas recebeu ao todo 2.320 doses da Astrazeneca para a primeira aplicação e 2.760 doses da Coronavac para a segunda aplicação, todas destinadas aos grupos prioritários que já vêm sendo vacinados e à população com mais de 41 anos sem comorbidade.

De acordo com o site Vacina Já, a Capital recebeu 149.227 doses de vacinas contra a Covid-19, das quais já aplicou 137.133, o que corresponde a 91,89% do total destinado à Cidade

Até então, podem se vacinar trabalhadores da indústria (CNAEs 35, 36, 37, 38, 39, 53, 59, 60 e 61), limpeza urbana, transporte urbano, educação, profissionais da saúde, pessoas com comorbidades acima de 18 anos e aqueles que precisam tomar a segunda dose da Coronavac (21 dias após a 1ª) ou Astrazeneca (80 dias após a 1ª). Prossegue, também, a vacinação de grávidas e puérperas (até 45 dias pós-parto) em geral, todas acima de 18 anos, e população sem comorbidade acima de 41 anos.

Os documento necessário para se vacinar são:
• uma cópia do comprovante de endereço;
• documentos pessoais (RG, CPF ou CNH);
• cartão de vacina;
• cartão do SUS;
• e em alguns casos, laudo que comprove a comorbidade ou declaração que ateste o vínculo empregatício (cópia da carteira de trabalho, contracheque, dentre outros).

Para as grávidas e puérperas, é necessário apresentar documento com avaliação médica individualizada. Este documento deve ser solicitado ao médico, seja da rede pública ou privada, que faz o acompanhamento. Além dos documentos citados acima, também deve ser levada a caderneta da gestante (para as grávidas) ou a declaração de nascido vivo ou natimorto (para puérperas. Gestantes com comorbidade também devem apresentar declaração ou laudo médico que comprove a comorbidade.

Locais de Vacinação – das 13 às 17 horas

– USF 409 Norte (Arno 44)
– USF 405 Norte (Arno 42)
– USF 403 Norte (Arno 41)
– USF 207 Sul (Isabel Auler – Arso 23)
– USF 403 Sul (Francisco Júnior – Arso 41)
– USF 1.103 Sul (Satilo Alves de Sousa – Arso 111)
– USF 1.206 Sul (Valéria Martins Pereira – Arse 122)
– USF José Hermes Rodrigues Damaso (Setor Sul)
– USF Novo Horizonte (Jardim Aureny IV)
– USF Laurides Milhomem (Jardim Aureny III)
– USF Taquari
– USF Morada do Sol

Horário das 16 às 20 horas
– USF 1.004 Sul (Albertino Santos – Arse 101)

Compartilhe com facebook
Compartilhe com twitter
Compartilhe com linkedin
Compartilhe com skype
Compartilhe com telegram
Compartilhe com whatsapp