Operação denominada Hórus apreende documentos e até jet ski

Operação apreende documentos e até jet ski na casa de suspeito de aplicar golpes em bancos.

Três investigados são considerados foragidos por suspeita de utilizarem documentos falsos para pegar empréstimos bancários. Polícia Civil cumpriu mandados nesta sexta-feira (29) em Porto Nacional.

Uma operação policial cumpriu mandados de busca e apreensão nas casas de três suspeitos de usarem documentos falsos para aplicação de golpes em instituições financeiras. Denominada Hórus, a ação ocorreu na manhã desta sexta-feira (29) em Porto Nacional, região central do estado.

De acordo com a Polícia Civil, os agentes também estavam com mandados de prisão temporária contra os investigados, que não tiveram os nomes divulgados. Como não estavam nos endereços alvos da operação, os suspeitos agora são considerados foragidos. Ao todo foram cumpridos seis mandados de busca, além dos três de prisão temporária.

Segundo a investigação, o esquema seria realizado pelos três suspeitos, que com documentos falsos, teriam conseguido abrir contas em instituições financeiras, solicitar empréstimos e saques de cheque especial (limite de crédito em conta) e transferir os saldos para outras contas dos membros do grupo criminosos. As contas que recebiam o dinheiro dos golpes também eram abertas com dados falsos “para mascararem os destinos dos valores”.

Compartilhe com facebook
Compartilhe com twitter
Compartilhe com linkedin
Compartilhe com skype
Compartilhe com telegram
Compartilhe com whatsapp