CPI da Covid: Luciano Hang suspeito de financiar blogueiro que divulgava fake News

Documentos obtidos pela comissão indicam que o empresário financiava Allan do Santos, que já é investigado em dois inquéritos no STF.

Dono da rede de lojas Havan suspeito de ajudar na disseminação de notícias falsas sobre tratamentos ineficazes contra a Covid-19, de acordo com documentos obtidos pela comissão. O intermediário entre o blogueiro e o empresário teria sido Eduardo Bolsonaro (PSL-SP). Luciano negou as acusações bem como sua participação em gabinetes informais.

Renan Calheiros (MDB-AL), relator da CPI, foi responsável por convocar Hang que disse ir à CPI “de coração aberto” após ter postado nas redes sociais um vídeo com tom de provocação. Outra questão a ser debatida na CPI é sobre a mãe de Luciano, Regina Hang, que faleceu em fevereiro deste ano após complicações da Covid. Regina era cliente do plano de saúde Prevent Senior e foi submetida a uma sessão de ozonioterapia sem autorização do Conselho Nacional de Ética em Pesquisa (CONEP). Em sua certidão de óbito, a operadora do plano omitiu a Covid-19 como causa da morte.

Compartilhe com facebook
Compartilhe com twitter
Compartilhe com linkedin
Compartilhe com skype
Compartilhe com telegram
Compartilhe com whatsapp