Nubank se torna o banco mais valioso da América Latina

Com ações a US$ 9 em IPO, banco passa a valer US$ 41,5 bilhões superando Itaú.

O Nubank estreia nesta quinta-feira (9) na Bolsa de Valores de Nova York e já precificou suas ações em US$ 9 cada, em uma oferta inicial de ações (IPO). O banco se tornou o mais valioso da América Latina, valendo US$ 41,5 bilhões, cerca de R$ 230 bilhões, ultrapassando o Itaú Unibanco. O IPO está sendo visto como indicador da ambição dos investidores por fintechs emergentes.

Ainda na semana passada, o Nubank reduziu sua avaliação em 20%, depois de enfrentar uma demanda fraca de investidores cautelosos com fintechs bancárias não lucrativas, além disso, reuniu investidores âncora, como Sequoia, Tiger Global e o novo SoftBank Latin America, para adquirir no mínimo US$ 1,3 bilhão em ações.

O banco planeja, com o respaldo da Berkshire Hathaway, de Warren Buffett, da Tencent Holdings e da Sequoia, usar os recursos para capital de giro, despesas operacionais e aquisições. O IPO de Nubank destaca como fintechs precisam enfrentar bancos físicos do cenário bancário que é altamente concentrado na América Latina.

Compartilhe com facebook
Compartilhe com twitter
Compartilhe com linkedin
Compartilhe com skype
Compartilhe com telegram
Compartilhe com whatsapp