Nova unidade penal feminina é reformada por pessoas privadas de liberdade que fazem cursos de pedreiro e pintor

Por meio do Programa Novo Tempo, a Superintendência de Administração dos Sistemas Penitenciário e Prisional da Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju) está ampliando e reformando, com mão de obra prisional, a antiga Unidade Penal de Miranorte para comportar uma unidade penal feminina. A ampliação e reforma da futura Unidade Penal Feminina de Miranorte está sendo realizada por 27 pessoas privadas de liberdade como resultado das aulas práticas dos Cursos de Pedreiro e Pintura Imobiliária desenvolvidos na Unidade Penal de Paraíso, que recebeu alunos de diversas unidades penais, sendo seis executando a reforma e 21 fazendo pintura.

As capacitações possibilitam a remição da pena para os custodiados – Marcos Miranda/Governo do Tocantins

O superintendente de Administração dos Sistemas Penitenciário e Prisional da Seciju, Orleanes Alves, esteve nesta sexta-feira, 6, conferindo o desempenho dos custodiados participantes dos Cursos para a efetivação da obra. “Esta ação é mais uma solicitação do Governador Mauro Carlesse ao nosso secretário Heber Fidelis em prol de um Sistema Penal melhor estruturado, garantindo assim qualidade de vida para os custodiados, condições de trabalho para os policiais penais e segurança para toda a sociedade”, falou.

Segundo o chefe da Unidade Penal de Miranorte, Clebernilson Pereira Salgado, é de grande importância a união dos gestores do Sistema Penal nesta reforma. “Seguindo o Plano de Reestruturação feito pela Seciju, estamos melhorando as dependências desta Unidade, que antes era uma Cadeia Pública, e agora passará a ser a Unidade Penal Feminina de Miranorte. Estamos saindo de 12 vagas, para 51 vagas a serem ofertadas à sociedade. Este processo como um todo, somente é possível com o apoio da minha equipe e demais diretores de unidade. Este resultado irá impactar diretamente na qualidade de vida de todos que frequentam esta unidade”, disse.

W.C.C., custodiado de Araguacema, e um dos alunos do curso de pintura falou como foi a experiência de participar das aulas práticas para a reforma de uma unidade penal. “Para mim está sendo ótimo, pois eu estou me profissionalizando cada vez mais e quando eu sair eu vou ter uma profissão para o meu currículo”, finalizou.

Após a obra

As dependências da Unidade Penal Feminina de Miranorte contará com duas salas administrativas, cozinha com despensa, almoxarifado, hall de entrada com banheiro, alojamentos masculinos e feminino, uma enfermaria, parlatório, sala de aula, espaço multiuso, banho de sol e seis celas, totalizando 51 vagas para atendimento de pessoas privadas de liberdade.

Compartilhe com facebook
Compartilhe com twitter
Compartilhe com linkedin
Compartilhe com skype
Compartilhe com telegram
Compartilhe com whatsapp