Mulher que ficou em coma após violência doméstica em Araguatins, morre após dois meses internada

O suspeito do crime e ex-companheiro da vítima foi preso pela Polícia Civil.

Maria Simone, mulher que ficou em coma após ser espancada pelo ex-marido na zona rural de Araguatins, morreu neste domingo (3) após dois meses internada no hospital de Augustinópolis.

A causa da morte ainda não foi informada. Segundo a família, o velório e o sepultamento serão realizados em Araguatins.

A suspeita é que Maria Simone tenha sido espancada em uma casa na zona rural pelo seu ex-companheiro. O caso foi investigado pela 1ª Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher e Vulneráveis (1ª DEAMV) de Araguatins. O suspeito foi identificado e capturado em cumprimento a um mandado de prisão preventiva no início de junho.

Compartilhe com facebook
Compartilhe com twitter
Compartilhe com linkedin
Compartilhe com skype
Compartilhe com telegram
Compartilhe com whatsapp