Mototaxista preso por assalto a banco é inocentado após dois anos preso injustamente

Defesa conseguiu provar que o homem é inocente.

A Justiça do Tocantins inocentou o mototaxista Kleison Reis Chagas da acusação de integrar uma quadrilha durante um assalto a bancos. Kleison estava preso há dois anos e chegou a ser condenado em 1º grau.

Na época, o homem foi apontado como suspeito de integrar uma quadrilha especializada em assaltos a bancos no Pará, Tocantins e Maranhão. Kleison foi o único absolvido entre as outras sete pessoas envolvidas, de acordo com o advogado de defesa, ele nunca esteve no local do crime e derrubou a acusação do MPTO. “Havia inúmeros erros materiais na sentença de primeiro grau. Ele nunca esteve no local do assalto. Não conhecia os outros presos e os presos também não o conheciam”, disse o advogado Maurício Araújo.

Agora, Kleison Reis Chagas aguarda o alvará de soltura que deve ser expedido nos próximos dias, Maurício ainda conta sobre a reação da família ao receber a notícia. “Ele tem esposa, três filhos, irmãos; a família também recebeu a notícia com muita alegria e emoção, pois ele tinha uma condenação de mais de 18 anos. Imagina esse um inocente condenado? Literalmente iria custar a vida de um inocente”, comentou.

Compartilhe com facebook
Compartilhe com twitter
Compartilhe com linkedin
Compartilhe com skype
Compartilhe com telegram
Compartilhe com whatsapp