Moradores de Esperantina precisam retirar gado em barcos após enchentes

Imagens feitas no município de Esperantina, norte do estado, nesta quinta-feira (6) mostram os moradores da zona rural da cidade carregando o gado que foi cercado pela água. Os animais precisaram ser “arrastados” nas laterais dos barcos pelos proprietários. Segundo informações dadas pelos próprios moradores, pelo menos 300 cabeças de gado foram levadas a áreas mais elevadas da região, mas temem que a medida não seja suficiente uma vez que o território no local é plano e as chuvas continuam fortes.

No município, todos os residentes das comunidades Lago Preto, Embaúba e Boa Esperança precisaram deixar suas casas, com águas que chegavam nas janelas, e se refugiarem em outros locais. A Defesa Civil alegou que “não há informação precisa” sobre o número de desabrigados e desalojados, por ser uma cidade cheia de povoados remotos, a difícil comunicação dificulta o resgate.

Estradas rurais estão com trechos de até 8km submersos, os animais não conseguiriam nadar toda essa distância e os proprietários temem perder os animais que criam para sobreviver.

Compartilhe com facebook
Compartilhe com twitter
Compartilhe com linkedin
Compartilhe com skype
Compartilhe com telegram
Compartilhe com whatsapp