Ministério da Saúde autoriza repasse de R$ 960 mil para custear leitos de UTI em Palmas

Ministério da Saúde autoriza repasse de R$ 960 mil para custear leitos de UTI em Palmas

A Prefeitura de Palmas conta com 20 leitos de UTI credenciados em três hospitais particulares na Capital, mantidos até o momento com recursos próprios. Fruto da articulação da Secretaria Municipal de Saúde de Palmas (Semus), o Ministério da Saúde autorizou nesta quinta-feira, 24, por meio da Portaria nº 1.341, o repasse de R$ 960 mil para auxiliar no custeio desses leitos de UTI, exclusivos para atendimento de pacientes com Covid-19.

O recurso está autorizado, mas ainda não foi liberado. Após a liberação será aplicado no custeio dos 20 leitos de UTI já credenciados. O valor não é suficiente para pagar o custo integral e a Semus utilizará o recurso para pagar parte do valor da diária de cada UTI, que é de R$ 2.600,00, sendo que R$ 1.600,00 serão custeados pelo Ministério da Saúde e o restante, R$ 1.000,00, pela Prefeitura de Palmas. Com isso, o recurso de R$ 960 mil auxiliará no pagamento de 30 dias de diárias dos 20 leitos de UTI.

A Prefeitura de Palmas segue monitorando os casos de Covid-19 e buscando recursos para que os palmenses não fiquem sem atendimento. Mas, a população precisa ajudar a gestão municipal e seguir os protocolos sanitários e ficarem atentos a sua vez de vacinar, ações fundamentais para manter o controle da pandemia do novo coronavírus.

foto: prefeitura Palmas

Distribuição do recurso:

  • Hospital Palmas Medical Center – 10 leitos – R$ 480 mil
  • Instituto de Terapia Intensiva de Tocantins (Hospital Oswaldo Cruz) – 5 leitos – R$ 240 mil
  • Intensicare IOP – 5 leitos – R$ 240 mil
Compartilhe com facebook
Compartilhe com twitter
Compartilhe com linkedin
Compartilhe com skype
Compartilhe com telegram
Compartilhe com whatsapp