Leilão do 5G: Brasil terá nova operadora de telefonia

O leilão feito pela Anatel começou na quinta, 4, e foi prorrogado até essa sexta, 5.

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), iniciou nesta quinta-feira (5) o leilão do 5G, a internet de 5° geração. Foram oferecidos lotes em quatro faixas: 700 MHz, 2,3 GHz, 3,5 GHz e 26 GHz. As três primeiras faixas já foram ofertadas e tiveram uma movimentação de cerca de R $7,089 bi.

Os vencedores têm direito de exploração das faixas durante 20 anos. A empresa Winity II Telecom, ligada ao Fundo Pátria, venceu a concorrência do primeiro lote, sendo a nova operadora de telefonia móvel do Brasil, autorizada a atuar em todo o território nacional.

As conhecidas Claro, Vivo e Tim, venceram até o momento os três lotes da faixa de 3,5GHz. Claro e Vivo venceram também a de 2,3 GHz, de lotes regionais, sendo a primeira atuante nas regiões Norte, Centro-Oeste, Sul e no estado de São Paulo e a segunda nos estados de RJ, ES e MG.

Compartilhe com facebook
Compartilhe com twitter
Compartilhe com linkedin
Compartilhe com skype
Compartilhe com telegram
Compartilhe com whatsapp