Laudo sobre suposto caso de canibalismo em Dois Irmãos confirma que coração da vítima foi retirado do corpo

Agora os suspeitos passam a ser indiciados também por ‘vilipêndio de cadáver’.

O laudo sobre a morte de Raimundo Nonato Santos Silva, de 62 anos, confirmou nesta sexta-feira (11) que a vítima teve o coração arrancado do corpo. Apesar da confirmação do laudo, o exame não foi capaz de concluir se houve retirada de partes do órgão ou se os suspeitos tinham realmente o ingerido.

O crime aconteceu em Dois Irmãos no fim do mês de fevereiro, na época, os suspeitos confessaram o envolvimento e um deles alegou que após o crime, os três teriam comido o coração da vítima, por influência da adolescente de 17 anos, também envolvida.

Os dois suspeitos adultos seguem detidos na Casa de Prisão Provisória de Miracema e a adolescente permanece em um local onde menores infratores ficam internados. Os envolvidos passam a responder por latrocínio e ‘vilipêndio de cadáver’.

Compartilhe com facebook
Compartilhe com twitter
Compartilhe com linkedin
Compartilhe com skype
Compartilhe com telegram
Compartilhe com whatsapp