Justiça condena grupo que torturou e matou idoso em Araguaína

O crime aconteceu em 2019. Todos os envolvidos são membros da facção criminosa Comando Vermelho.

Quatro criminosos envolvidos no assassinato de Abilio da Silva, foram condenados pela Justiça pelo crime cometido em 2019. A vítima, de 69 anos, foi torturado e asfixiado com uma sacola plástica. O corpo foi encontrado dentro de casa, sem roupas e amarrado.

De acordo com a Polícia, os quatro autores do crime são membros da facção criminosa Comando Vermelho. Os executores do latrocínio, Jardel Matos Ribeiro, conhecido como Dois Contos, foi condenado a 23 anos e 6 meses de prisão e seu comparsa Matheus Lima Rodrigues, o Chico Doido, pegou 20 anos de reclusão.

O réu acusado de ter fornecido informações da vítima aos criminosos, Leonan Coelho da Fonseca, foi condenado a 2 anos. Leonan tinha dito aos bandidos que a vítima guardava altos valores em casa. Rafael Oliveira de Sousa, pegou 3 anos e 6 meses de reclusão.

Havia um 5º envolvido no crime que foi assassinado meses após matar Abílio. A sentença de condenação foi expedida por Antônio Dantas de Oliveira Júnior, juiz da 2ª Vara Criminal de Araguaína. O caso foi investigado pela Delegacia de Repressão a Roubos (DRR) do município.

Compartilhe com facebook
Compartilhe com twitter
Compartilhe com linkedin
Compartilhe com skype
Compartilhe com telegram
Compartilhe com whatsapp