Homens que mataram caminhoneiro a pedradas em Silvanópolis são condenados a 13 anos de prisão

Miguel Pereira de Oliveira Filho, Rafael Rodrigues de Souza Pereira e Adriano Paixão de Carvalho, foram condenados a 13 anos e seis meses de reclusão por assassinar a pedradas o caminhoneiro Stênio Henrique Oliveira, em março de 2019, no município de Silvanópolis.

Os réus foram condenados por homicídio duplamente qualificado, praticado por motivo fútil e meio cruel. A motivação do crime foi uma porção de drogas comprada por Stênio, durante as festividades de carnaval, que gerou um desentendimento com um dos acusados no momento do pagamento.

A vítima foi seguida pelo vendedor do entorpecente, Miguel Pereira de Oliveira Filho, e outros dois comparsas. No caminhão, Stênio foi agredido a pedradas e atingido por golpes de faca e machado.

Compartilhe com facebook
Compartilhe com twitter
Compartilhe com linkedin
Compartilhe com skype
Compartilhe com telegram
Compartilhe com whatsapp