Homem que matou advogado em 2011 é preso novamente após passar anos foragido

O condenado matou o advogado Sebastião Bezerra da Silva, foi preso mas fugiu após passar para o regime semiaberto.

Um homem de 31 anos foi preso em Gurupi, sul do estado, nessa sexta-feira (14) após anos foragido. O responsável pela morte do advogado Sebastião Bezerra da Silva, em 2011, cumpriu anos em regime fechado mas fugiu após passar para o regime semiaberto.

O advogado foi assassinado em uma fazenda entre Dueré e Gurupi, em 27 de fevereiro de 2011, e colocado em uma cova rasa. Na época, a polícia chegou a dois irmãos, de 19 e 20 anos, que foram presos e confessaram o crime. Sebastião era defensor dos direitos humanos no estado, e a maneira como morreu gerou muita revolta e comoção. Os dois irmãos, com a intenção de roubar o advogado, desferiram golpes de pá na cabeça e nas demais partes do corpo de Sebastião, além de asfixiarem e estrangularem a vítima.

Agora que o criminoso, identificado pelas inicias R. J. G., foi preso novamente, o juiz da Vara de Execuções Penais de Palmas determinou a regressão ao regime fechado de prisão. No momento da abordagem, o criminoso ainda apresentou um RG falso com outro nome mas foi identificado e agora também responde por uso de falsa documentação.

Compartilhe com facebook
Compartilhe com twitter
Compartilhe com linkedin
Compartilhe com skype
Compartilhe com telegram
Compartilhe com whatsapp