Homem de Araguaína é suspeito armazenar pornografia infantil em Araguaína

A operação ‘Velar II’ é a segunda parte de outra operação já deflagrada pela PF em outubro deste ano.

A Polícia Federal realizou nesta terça-feira (28) buscas na casa de um homem de Araguaína suspeito de armazenar imagens pornográficas de crianças e adolescentes. A PF informou que a ação foi organizada por autoridades estrangeiras que alertaram que o homem tinha no mínimo 101 vídeos e fotos de conteúdo sexual.

A operação apelidada de ‘Velar II’ é um desdobramento de uma ação já realizada em outubro de 2021 que chegou a prender um suspeito. Nesta fase, não houve nenhuma prisão.

O alerta a respeito deste suspeito veio do National Center for Missing and Exploited children (NCMEC), traduzido o nome do órgão significa Centro Nacional para Crianças Desaparecidas e Exploradas. O nome da operação “Velar” é uma referência ao juramento da Polícia Federal de repreender crimes de abuso sexual envolvendo crianças ou adolescentes via internet. A operação foi autorizada pela Justiça Estadual do Tocantins.

Compartilhe com facebook
Compartilhe com twitter
Compartilhe com linkedin
Compartilhe com skype
Compartilhe com telegram
Compartilhe com whatsapp