Greve dos motoristas de ônibus em Palmas deixa estações lotadas

Os trabalhadores exigem o reajuste salarial combinado desde o ano passado e melhores condições de trabalho.

O Simtromet, Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores em Transportes Rodoviários e Operadores de Máquinas do Estado do Tocantins, afirmou que o valor do reajuste nunca foi repassado e de acordo com a SETURB tal reajuste dependia do aumento da tarifa que foi negada pela justiça. Trabalhadores também cobram benefícios e melhor condições de trabalho.

As linhas estão com uma quantidade de veículos reduzidas, lotando aqueles que saem da estação, com isso os passageiros não conseguem embarcar em alguns pontos da cidade.

A guarda metropolitana está nas estações para evitar tumulto e informou que a movimentação começou por volta de 4h.

Compartilhe com facebook
Compartilhe com twitter
Compartilhe com linkedin
Compartilhe com skype
Compartilhe com telegram
Compartilhe com whatsapp