Falsos agentes de saúde enganam idosos em Miranorte

Cerca de dez vítimas caíram no golpe aplicado. Suspeitos pediam cartões e documentos das vítimas.

Criminosos estão se passando por funcionários públicos para enganar os moradores de Miranorte, na região central do estado. Segundo a Polícia Civil, dez casos foram registrados nos últimos dias.

O delegado Pedro Henrique Félix Bernardes, explica como os bandidos agem: “O autor vai até a casa da vítima, geralmente pessoas idosas, ou de pouca instrução e a pretexto de realizar ou atualizar cadastros de programas federais, pedem o cartão bancário das vítimas e o CPF”.

Os suspeitos trocam os cartões das vítimas ou copiam as senhas, que muitas vezes são anotadas no verso do cartão. Depois, fazem saques, compras e até empréstimos no nome das vítimas.

O delegado orienta a população a respeito da identificação de um agente público. “Os agentes de saúde ou outros profissionais do gênero sempre andam devidamente identificados e nunca pedem cartões bancários ou outro documento a fim de realizar recadastramento de programas sociais ou atualização bancária”, informou.

Caso haja dúvidas quanto à identificação de um servidor público, o morador pode ligar para a Polícia Civil ou Militar.

Compartilhe com facebook
Compartilhe com twitter
Compartilhe com linkedin
Compartilhe com skype
Compartilhe com telegram
Compartilhe com whatsapp