Ex-governador Mauro Carlesse anuncia pré-candidatura ao Senado

Carlesse se filiou ao novo partido Agir antes do fechamento da janela partidária para disputar as próximas eleições ao Senado. Neste ano, os candidatos irão disputar apenas uma vaga para o cargo de senador.

Menos de quatro meses após renunciar ao governo do Tocantins em meio a um escândalo de corrupção, Mauro Carlesse (Agir) anunciou nesta quarta-feira (6) sua pré-candidatura ao senado federal. O encontro estadual do partido ocorreu em Gurupi, no sul do estado, onde fica a base política do ex-governador.

Durante o encontro partidário, o ex-governador defendeu sua gestão afirmando que tinha uma equipe de qualidade e deixou o estado com mais de R$ 2 bilhões em caixa.

O ex-governador chegou a ter os direitos políticos suspensos pela Justiça Eleitoral em um processo que apura abuso de poder econômico e político, quando o governo estadual distribuiu milhares de cestas básicas em período eleitoral e supostamente favoreceu a prefeita Josi Nunes (União) nas eleições municipais de Gurupi.

Há duas semanas, em um novo julgamento, eles foram absolvidos pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE), mas ainda cabe recurso ao Tribunal Superior Eleitoral.

Compartilhe com facebook
Compartilhe com twitter
Compartilhe com linkedin
Compartilhe com skype
Compartilhe com telegram
Compartilhe com whatsapp