Etanol e Gasolina mais baratos nos postos brasileiros

Dados do último levantamento do Índice de Preços Ticket Log (IPTL), referente ao fechamento do mês de fevereiro, apontam que o preço médio do litro da gasolina fechou o mês a R$ 6,851 e manteve estabilidade em relação ao mês anterior, com baixa de 0,34%. Já o etanol apresentou recuo de 2,27% em relação a janeiro, e o valor que estava R$ 5,758, passou para R$ 5,627.

Todas as regiões brasileiras apresentaram recuo no valor da gasolina, com exceção do Norte, onde o combustível fechou a R$ 6,894, alta de 0,07% no comparativo com o mês anterior, que estava R$ 6,889. O Sudeste liderou com a maior média, a R$ 6,930. A Região Centro-Oeste apresentou a maior baixa no preço da gasolina, de 0,98%, e o valor de R$ 6,914 de janeiro passou para R$ 6,846. Novamente o Sul vendeu o litro do combustível pelo valor mais baixo entre as regiões, a R$ 6,540.

Etanol

A queda no preço do litro do etanol foi identificada em todas as regiões brasileiras, com destaque para o Sudeste, onde o litro do combustível passou de R$ 5,659 para R$ 5,408, baixa de 4,44%. Porém, a menor média foi encontrada nos postos do Centro-Oeste, a R$ 5,244. Já o etanol mais caro foi comercializado no Norte, a R$ 6,024.

Estados

Nos destaques nacionais entre os Estados, o Rio de Janeiro continua cobrando o preço mais alto para a gasolina (R$ 7,233); e a maior alta no preço, de 1,01%, foi identificada na Bahia, que passou de R$ 6,959 para R$ 7,029. Assim como em janeiro, o menor preço médio para a gasolina foi encontrado no Amapá, a R$ 6,350, e a menor redução, de 2,59%, foi registrada no Rio Grande do Sul, e o valor de R$ 6,642 em janeiro passou para R$ 6,470, em fevereiro.

Referente ao etanol, as bombas do Pará comercializaram o combustível pelo maior preço médio, a R$ 6,524; e Roraima registrou o maior aumento, de 1,31%, e o valor de R$ 6,130 passou para R$ 6,210. Além de comercializar o litro do etanol pela menor média, São Paulo também registrou a maior redução no valor do combustível, de 6,84%, que passou de R$ 4,942 para R$4,604.

Carnaval

Dados do IPTL referentes ao período de 25 de fevereiro a 1º de março, apontam que, durante o feriado de carnaval, o preço do litro da gasolina foi comercializado nos postos brasileiros pelo valor médio de R$ 6,827. O preço ficou estável em relação à última semana de fevereiro e 0,04% mais baixo se comparado ao preço médio do fechamento do mês. O Sudeste e o Nordeste empataram no ranking da gasolina mais cara no feriado, a R$ 6,900. O Sul comercializou o combustível pela menor média, a R$ 6,503.

Já o etanol foi vendido a R$ 5,516 nos postos de combustíveis, valor 0,53% mais baixo se comparado à última semana de fevereiro e 1,10% inferior ao fechamento do mês. O Norte comercializou o combustível pela maior média no carnaval, a R$ 5,797, e os postos do Centro-Oeste pelo menor preço R$ 4,961, entre todas as regiões brasileiras.

Metodologia

O IPTL é um índice de preços de combustíveis levantado com base nos abastecimentos realizados nos 21 mil postos credenciados da Ticket Log, que tem grande confiabilidade, por causa da quantidade de veículos administrados pela marca: 1 milhão ao todo, com uma média de oito transações por segundo.

Compartilhe com facebook
Compartilhe com twitter
Compartilhe com linkedin
Compartilhe com skype
Compartilhe com telegram
Compartilhe com whatsapp