Em Silvanópolis, ex-prefeito tem contas bloqueadas pela justiça

O ex-prefeito Alberto Gomes Pereira é acusado de pagar por obras fantasmas durante o mandato em 2005.

A liminar requerida pelo MPTO foi deferida pela Justiça e os bens do ex-prefeito Alberto Gomes Pereira foram bloqueados. Os valores chegam a R$ 36.454,04 e o bloqueio é para garantir a reparação do prejuízo que Alberto causou aos cofres públicos durante o exercício financeiro de 2005.

De acordo com a Promotoria de Justiça, o ex-prefeito teria pago por serviços não comprovados e obras jamais realizadas e o TCE na época chegou a rejeitar a prestação de contas. Foi apurado que R$ 5.698,00 foram pagos pela manutenção de veículos mas nenhum serviço chegou a ser realmente prestado e o pagamento para reforma da prédio da prefeitura foi realizado sem a emissão de notas fiscais da empresa contratada e sem expedição da ordem de serviço.

A ação civil foi proposta pela 5° Promotoria de Justiça de Porto Nacional, o bloqueio dos bens de Alberto tem também como objetivo fazê-lo pagar multa caso seja condenado pela Ação. Em 2017, Alberto já havia sido condenado por improbidade administrativa por ter usado 32 cheques sem fundos para realizar pagamentos.

Compartilhe com facebook
Compartilhe com twitter
Compartilhe com linkedin
Compartilhe com skype
Compartilhe com telegram
Compartilhe com whatsapp