Em entrevista, Bolsonaro diz que não tomará vacina pois já teve Covid-19

O presidente tem 66 anos e está dentro do grupo de risco da doença.

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) anunciou em entrevista à “Jovem Pan” nessa terça-feira, 12, que decidiu não se vacinar contra a Covid-19. Em seus argumentos, afirmou que já tem os anticorpos contra a doença pois já foi infectado com o vírus, com isso a vacinação seria desnecessária.

“No tocante à vacina, eu decidi não tomar mais a vacina. Eu estou vendo novos estudos, eu estou com o meu, a minha imunização está lá em cima, IGG está em 991. Para que eu vou tomar uma vacina? Seria a mesma coisa que você jogar na loteria R$ 10 para ganhar R$ 2. Não tem cabimento isso daí”, declarou ele.

Os especialistas recomendam que mesmo aqueles que já tiveram a doença, sejam vacinados, porquê a vacinação produz uma imunização mais duradoura do que a resultante da infecção natural pela doença. Além disso, a sociedade inteira deve ser vacinada para a imunização ser mais eficiente, uma vacinação efetiva deve contar com mais de 80% de adesão da população.

Compartilhe com facebook
Compartilhe com twitter
Compartilhe com linkedin
Compartilhe com skype
Compartilhe com telegram
Compartilhe com whatsapp