Dois dias após deixar a cadeia, homem que finge passar mal para não pagar conta é preso em Palmas

Suspeito consumiu R$ 5,2 mil em um restaurante conhecido localizado na Praia da Graciosa.

Ruan Pamponet Costa, de 42 anos, foi preso nessa quinta-feira (21) após tentar dar um golpe em um restaurante de Palmas, assim como fez em Goiânia (GO). O suspeito saiu da cadeia há dois dias após ser indiciado por fingir passar mal para não pagar a conta do bar, na sentença, a Juíza determinou que Ruan ficasse longe de bares para evitar novos calotes.

Em Palmas, o suspeito consumiu mais de R$ 5,2 mil no Bar e Restaurante Dona Maria Beach, localizado na Praia da Graciosa, e se recusou a pagar a conta. Trabalhadores do local contam que Ruan dividia os produtos com outras pessoas, quando a equipe começou a desconfiar. Assim que a conta atingiu R$ 5 mil, os atendentes decidiram pedir um pagamento parcial para continuar servindo à mesa. Ruan passou a agir do mesmo modo que havia feito no bar de Goiânia.

O suspeito foi preso pela Polícia Militar e logo encaminhado para a central de flagrantes da Polícia Civil. Ele confessou o crime e deve responder por estelionato.

Veja na íntegra o que diz o restaurante

O Bar e Restaurante Dona Maria Beach esclarece que na tarde desta quinta-feira, 21 de abril, atendeu um suposto cliente que realizou diversos pedidos no local, no entanto, se recusou a fazer o pagamento.

A gerência acionou a polícia após identificar que a pessoa se tratava de Ruan Pamponet Costa, que nesta semana já havia aplicado um golpe de mais de R$ 6 mil em um bar em Goiânia, caso que ganhou amplo destaque na mídia nacional.

O Dona Maria Beach lamenta ter sido mais uma vítima da ação do estelionatário e confia que a justiça será feita para impedir que os golpes, que ocorrem desde 2014, continuem ocorrendo.

Compartilhe com facebook
Compartilhe com twitter
Compartilhe com linkedin
Compartilhe com skype
Compartilhe com telegram
Compartilhe com whatsapp