Delegado de 31 anos morre após ser internado com dengue em Palmas

Hismael Athos Tranqueira Noleto chefiava a Delegacia Especializada em Investigações Criminais (DEIC) de Palmas.

O delegado Hismael Athos Tranqueira Noleto, de 31 anos, morreu nessa segunda-feira (3) em um hospital particular de Palmas. A Secretaria de Segurança Pública publicou uma nota informando que Hismael “estava internado para tratamento contra a dengue, mas veio à óbito”.

O corpo do delegado está sendo velado nesta terça-feira (4) na sede do Sindicato dos Policiais Civis do Tocantins, localizada na avenida Teotônio Segurado, na quadra 1.002 Sul, na capital. O enterro está previsto para acontecer às 17h no cemitério Jardim da Paz.

Hismael era parte da Polícia Civil do Tocantins desde 2017 e conduziu operações de grande repercussão no estado, uma delas foi a investigação que resultou na prisão do suspeito de matar um casal de aposentados entre Paraíso do Tocantins e Monte Santo, no fim de novembro de 2020.

Compartilhe com facebook
Compartilhe com twitter
Compartilhe com linkedin
Compartilhe com skype
Compartilhe com telegram
Compartilhe com whatsapp