Daniel Dias é bronze nos 200m livre e alcança 25ª medalha paraolímpica

Maior nadador da história paraolímpica, o paulista Daniel Dias chegou à 25ª medalha na manhã desta quarta-feira (horário de Brasília). Ele ficou com o bronze nos 200m livre na classe S5 ( lesão medular completa abaixo de T1-8). O tempo dele foi de 2m38s61, só atrás do italiano Francesco Bocciardo, que fez 2m26s76 e do espanhol Antoni Bertran, que nadou em 2m35s20). Com mais este pódio, Daniel agora soma 14 ouros, sete pratas e quatro bronzes. Ele ganha medalha desde os Jogos de 2008. Em janeiro deste ano, ele anunciou que vai se aposentar após as Paraolimpíadas, onde ele ainda pode faturar mais cinco medalhas.
Sem tempo para descansar, Daniel Dias, que está com 33 anos. já volta para a piscina nesta noite, a partir das 21h para as eliminatórias dos 100m livre, e às 23h16 para o revezamento 4x50m livre, sempre no horário de Brasília. A dificuldade da prova desta manhã já era esperada por Daniel Dias que valorizou mais uma medalha.
-Estou aproveitando cada momento aqui. E esse bronze tem um sabor especial. Teve todo o processo de reclassificação funcional na natação que deixaram as provas mais duras. Eu entrei para fazer o meu melhor e fui presenteado com uma medalha. Eu comemorei bastante ali no final porque ela significa muito para mim. Estar no pódio sempre é muito bom. É o resultado de horas e horas de treino. Eu já senti esse gosto várias vezes e parece que toda vez que acontece é como se fosse a primeira – afirmou Daniel.

Compartilhe com facebook
Compartilhe com twitter
Compartilhe com linkedin
Compartilhe com skype
Compartilhe com telegram
Compartilhe com whatsapp