Cristiano Ronaldo é o maior atleta de futebol depois do Pelé

Aos 36 anos, Cristiano Ronaldo voltou a ser decisivo na vitória, de virada, do Manchester United por 3 a 2 sobre a Atalanta, pela terceira rodada do Grupo F da Liga dos Campeões. Maior goleador da história da competição europeia, dono de cinco títulos e também de uma lista de recordes, CR7 é considerado por Arnaldo Ribeiro como o maior atleta de futebol depois de Pelé.

No podcast Posse de Bola #171, Arnaldo destaca a forma como, trabalhando arduamente, Cristiano Ronaldo consegue se colocar no patamar de Messi, mesmo não sendo tão talentoso quanto ele, além de ressaltar a devoção do português pelo futebol como algo que deveria ser um exemplo para todo jogador.

“O Cristiano Ronaldo não é só o maior Ronaldo da história, ele é o maior atleta de futebol depois do Pelé. Não quer dizer que ele é o melhor jogador, craque, agora, por que o melhor atleta? Porque ele foi ficando melhor ao longo do tempo, desenvolvendo habilidades que ele não tinha e, para acompanhar um fenômeno, o maior fenômeno do futebol depois do Pelé, que é o Messi, ele consegue fazer isso na base do trabalho e não, como se imagina, com o dom apenas”, diz Arnaldo.

“Ele volta agora ao Manchester, de onde ele saiu como um driblador, um jogador de fantasia e tudo mais, e hoje você vê o jogador de volta com habilidades diversas que ele não tinha, fisicamente ele é mais potente, cabeceia melhor do que ele cabeceava, chuta de esquerda melhor do que ele chutava, não precisa driblar tanto e é um finalizador absurdo, o que ele tem feito na Champions League é sensacional, ele é o maior jogador da história da Champions League em troféus, em números, em gols e ele é um jogador absurdo”, completa.

Outro fator exaltado pelo jornalista é a questão mental do jogador português, além do esforço para jogar o máximo possível, uma condição diferente dos outros dois Ronaldos que foram melhores do mundo, casos de Ronaldo Fenômeno e Ronaldinho Gaúcho. Para Arnaldo, o maior Fenômeno é o próprio CR7.

“Tem uma questão que eu acho que ele leva vantagem, e de novo a comparação com o Pelé, de novo não na parte técnica, a questão mental. Eu nunca vi um jogador tão bem preparado mentalmente, um jogador absurdo e, diferentemente dos Ronaldos nossos, geniais e sensacionais, ele faz de tudo para jogar até o máximo que ele puder da vida dele, os nossos Ronaldos abandonaram, um por contusão e outro porque não quis mais. É do direito e passa pela questão mental também, que é um problema muito atual e ele consegue lidar com isso”, diz Arnaldo.

“Esse cara é um fenômeno, mais do que o Ronaldo Fenômeno, esse cara é espetacular. Acho que quem não gostava pela questão dos holofotes, selfies, telão, aprendeu a admirar o cara pelo trabalho. Ele deveria servir de inspiração para todo jogador por conta da devoção dele ao futebol, ele é um cara que a cada dia trabalha para melhorar e é incrível quando ele consegue e como ele consegue ainda decidir jogos de todas as maneiras possíveis, em qualquer time que ele esteja”, conclui.

 

Compartilhe com facebook
Compartilhe com twitter
Compartilhe com linkedin
Compartilhe com skype
Compartilhe com telegram
Compartilhe com whatsapp