Corpo de Marília Mendonça é enterrado em cemitério após ser seguido por multidão, em Goiânia

Henrique & Juliano e Maiara & Maraisa cantaram e fãs acompanharam o velório em um ginásio. Cantora de 26 anos morreu na sexta-feira em acidente de avião em Carantinga (MG).

O corpo de Marília Mendonça foi enterrado neste sábado (6) no cemitério Parque Memorial, em Goiânia, em cerimônia reservada à família e amigos mais próximos.

Antes disso, uma multidão acompanhou o velório no Ginásio Goiânia Arena e prestou homenagens. A cantora goiana de 26 anos morreu na sexta-feira em um acidente de avião em Carantinga (MG).

Os carros do Corpo de Bombeiros, que levaram o caixão do lugar do velório ao do enterro, foram acompanhados por milhares de fãs. Henrique & Juliano, Maiara & Maraisa e Murillo Huff, ex da cantora e pai do filho dela, acompanharam o caixão no carro dos bombeiros.

O corpo de Abicieli Silveira Dias Filho, assessor e tio da cantora que também morreu no acidente, foi sepultado no mesmo lugar.

Antes de saírem do ginásio, foram tocados os versos “Ninguém vai sofrer sozinho, todo mundo vai sofrer”, de “Todo mundo vai sofrer”, um dos maiores sucessos de Marília.

No velório, a equipe e banda da cantora chegaram chorando e sob salva de palmas. A homenagem foi ao som do hino de louvor “Noites Traiçoeiras”, famoso com Padre Marcelo Rossi. A equipe de Marília estava em Caratinga preparando o show que ela faria.

Maiara & Maraisa, Matheus & Kauan, João Neto & Frederico, Luisa Sonza, Jorge (dupla com Mateus), Naiara Azevedo, Fernando (dupla com Sorocaba), Murilo Huff (ex de Marília), Luisa (dupla com Maurílio) e João Reis, pai de Cristiano Araújo, estiveram presentes.

Henrique & Juliano, grandes amigos que incentivaram a produtora Workshow a lançá-la como intérprete, cantaram durante o velório. Um dos momentos mais emocionantes foi na hora da música “Flor e o Beija-Flor”.

A composição de Marília foi gravada pela dupla com ela, em 2016. Versos como “Ai que saudade de um beija flor / Que me beijou depois voou / Pra longe demais / Pra longe de nós” emocionaram os fãs.

Os corpos da cantora e do tio dela foram velados entre 13h e 17h, quando os fãs puderam se despedir. Mãe da cantora, Ruth Moreira, de 53 anos, precisou ser amparada por Maiara. No dia anterior, ao saber da morte da filha, ela passou mal.

Acidente de avião

Além de Marília e do tio, morreram no acidente o piloto Geraldo Martins de Medeiros Júnior; o copiloto, Tarciso Pessoa Viana; e o produtor Henrique Ribeiro.

Ainda não se sabe a causa do acidente. O Cenipa, órgão da Aeronáutica, vai apurar o que houve. O avião decolou de Goiânia no início da tarde e caiu em uma cachoeira de Caratinga por volta de 16h.

Marília Mendonça nasceu em Cristianópolis (GO) em 22 de julho de 1995. Entre os seus grandes sucessos, que a colocaram como uma das cantoras mais ouvidas do Brasil, estão “Infiel”, “De quem é a culpa?” e “Eu sei de cor”. Ela deixa um filho, Léo, que completa dois anos em dezembro.

As músicas de Marília Mendonça arrebataram o Brasil com letras e melodias intensas e românticas. Considerada uma das artistas mais populares do sertanejo, ela liderou uma reviravolta feminina no gênero.

O feminejo impôs mulheres como protagonistas do estilo até então dominado quase apenas por homens, a partir de 2016.

Compartilhe com facebook
Compartilhe com twitter
Compartilhe com linkedin
Compartilhe com skype
Compartilhe com telegram
Compartilhe com whatsapp