Copa do Brasil: Palmeiras leva susto, mas vence a Juazeirense na estreia

A estreia do Palmeiras na Copa do Brasil, neste sábado (30), foi marcada por um susto logo aos quatro minutos de jogo. Foi esse o tempo que a Juazeirense demorou para abrir o placar com Nildo Petrolina. Os outros 86 minutos, contudo, foram todos da equipe alviverde, que controlou a posse de bola e deixou a Arena Barueri com uma vitória por 2 a 1 no jogo de ida da terceira fase da competição.

A vitória palmeirense veio graças a um golaço de Gustavo Scarpa. No banco de reservas por opção, com Abel Ferreira escalado uma equipe alternativa, o meia entrou no segundo tempo e precisou de apenas quatro minutos para chutar de longe e balançar as redes de Rodrigo Calaça. Ainda no primeiro tempo, Breno Lopes havia empatado o jogo para o Palmeiras.

O resultado faz com que o Palmeiras precise apenas de um empate no jogo do dia 11 de maio, que deve acontecer no estádio do Café, em Londrina (PR) -uma vitória baiana por um gol de diferença leva o jogo para os pênaltis. O estádio Adauto Moraes, casa do Juazeirense, tem capacidade para menos de 10.000 pessoas, quantidade mínima exigida pela CBF para receber jogos da terceira fase da Copa do Brasil.

A Juazeirense surpreendeu logo aos 4 minutos de jogo. Em rápido contra-ataque, a equipe pegou a defesa do Palmeiras desarrumada e abriu o placar depois que Nildo Petrolina aproveitou rebote de Marcelo Lomba.

O susto não intimidou o Palmeiras. Mesmo demorando para conseguir se impor na partida, a equipe de Abel Ferreira buscou o empate oito minutos depois. Rafael Navarro se livrou de dois marcadores e tocou para Breno Lopes mandar para o fundo das redes de Rodrigo Calaça.

O goleiro apareceria no fim de um primeiro tempo de poucas finalizações, mesmo com o Palmeiras dominando as ações. Aos 43 minutos, Rafael Navarro completou cruzamento na pequena área e Calaça apareceu para evitar a virada palmeirense.

A entrada de Gustavo Scarpa aos 21 minutos do segundo tempo trouxe um elemento diferente para a partida. Especialista em chutes de longas distâncias, o meia precisou de apenas quatro minutos em campo para furar a defesa da Juazeirense e conseguir a virada para o Palmeiras, aos 25 minutos.

Depois de receber passe na direita, Scarpa teve tempo de trazer a bola para o meio e bater colocado de muito longe. A bola bateu na trave de Rodrigo Calaça antes de morrer no fundo das redes.

O Palmeiras agora volta suas atenções para a Libertadores. A equipe de Abel Ferreira visita o Independiente Petrolero (BOL) na terça-feira (3), às 21h30 (de Brasília). Um dia depois, a Juazeirense recebe o Santa Cruz, às 20h (de Brasília), pela terceira rodada da Série D do Brasileiro.

PALMEIRAS

Marcelo Lomba; Marcos Rocha (Mayke), Murilo, Gustavo Gómez e Jorge (Piquerez); Zé Rafael, Atuesta (Gustavo Scarpa) e Raphael Veiga; Dudu, Rafael Navarro (Gabriel Veron) e Breno Lopes (Rony). T.: Abel Ferreira

JUAZEIRENSE

Rodrigo Calaça; Dadinha, Eduardo, Wendell e Daniel; Waguinho, Deysinho (Willian Anicete) (Thauan) e Patrik (Thalison); Nildo Petrolina (Érico Júnior), Clebson (Emílio) e Ian. T.: Quintino Barbosa

Estádio: Arena Barueri, em São Paulo (SP)

Público: 14.960 pagantes

Renda: R$ 412.929,64

Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (CE)

Assistentes: Nailton Junior de Sousa Oliveira (CE) e Renan Aguiar da Costa (CE)

Gols: Nildo Petrolina (JUA), aos 4′, e Breno Lopes (PAL), aos 12’/1ºT; Gustavo Scarpa (PAL), aos 25’/2º T

Compartilhe com facebook
Compartilhe com twitter
Compartilhe com linkedin
Compartilhe com skype
Compartilhe com telegram
Compartilhe com whatsapp