Brasília registra 1º caso de raiva humana em 44 anos

Neste anos, quatro crianças e adolescentes morreram pela doença em Minas Gerais.

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF) confirmou, nesta terça-feira (5), um caso de raiva humana após 44 anos sem registro da doença no estado. A SES-DF afirma que “o último caso diagnosticado de raiva em cães foi em 2000 e, em gatos, no ano de 2001”. Após, o registro, a campanha de vacinação antirrábica foi antecipada para esta quarta-feira (6).

Segundo a Secretaria de Saúde, “a raiva é uma doença infecciosa viral aguda, que acomete mamíferos e pode ser transmitida aos humanos (antropozoonose) pela mordedura, lambedura e arranhadura de animais infectados com o vírus da raiva”, caracterizada por sintomas neurológicos sendo quase sempre fatal.

O vírus é transmitido pela saliva dos animais, apenas neste ano, quatro quatro crianças e adolescentes morreram por raiva em Minas Gerais.

Compartilhe com facebook
Compartilhe com twitter
Compartilhe com linkedin
Compartilhe com skype
Compartilhe com telegram
Compartilhe com whatsapp