Bolsonaro garante ajuda a 750 mil caminhoneiros autônomos para compensar aumento do diesel

O presidente fez o anúncio em Sertânia, no PE, enquanto inaugurava um ramal de distribuição de água no agreste do estado. A Petrobras anunciou um reajuste no preço do diesel vendido às distribuidoras, onde o preço médio de venda passou de R$ 2,81 para R$ 3,06 por litro, tal medida entrou em vigor dia 29 de setembro. “Decidimos então […] Os números serão apresentados nos próximos dias […] Nós vamos atender aos caminhoneiros autônomos: em torno de 750 mil caminhoneiros receberão uma ajuda para compensar o aumento do diesel” disse o presidente.

Jair Bolsonaro (sem partido), não informou de onde tirará os recursos, o anúncio foi feito num momento em que o mercado reage negativamente à proposta do governo de obter uma licença para descumprir o teto de gastos para cumprir a promessa de pagar R$ 400 para beneficiários do Bolsa Família.

Nos postos, o valor médio do litro do diesel foi de R$ 4,97 e máximo, de R$ 6,41.

Compartilhe com facebook
Compartilhe com twitter
Compartilhe com linkedin
Compartilhe com skype
Compartilhe com telegram
Compartilhe com whatsapp