Auxílio Gás social: Petrobras vai destinar R$ 300 mi para o programa

A câmara dos deputados aprovou o nesta quarta (29) o projeto para subsidiar o preço do gás de cozinha para família baixa renda.

O Ministério da Cidadania terá 60 dias para definir os critérios de participação. O texto assegura um benefício mensal às famílias registradas no CadÚnico com renda per capita mensal menor ou igual a meio salário mínimo ou que tenha entre os integrantes alguém que receba benefício de prestação continuada (BPC).

O programa vai durar 15 meses e a Petrobras anunciou que há a possibilidade da criação de um fundo para que outras empresas também participem do projeto.

O botijão de gás já consome 10% do salário mínimo em 16 estados do país o que leva as pessoas a utilizarem outros meios em substituição como o álcool ou carvão e tem sido frequente notícias com casos trágicos resultados dessa prática.

Compartilhe com facebook
Compartilhe com twitter
Compartilhe com linkedin
Compartilhe com skype
Compartilhe com telegram
Compartilhe com whatsapp