Artista plástico Costa Andrade morre após parada cardiorrespiratória

O artista tinha 69 anos e deixou esposa, três filhos e cinco netos

Francisco de Assis de Carvalho Costa Andrade, fundador do espaço de arte Mãos à Obra, pintor, desenhista e escultor, morreu aos 69 anos após ter uma parada cardiorrespiratória na madrugada desta quarta-feira (10).

O artista era piauiense e se mudou para Palmas em 1998, era famoso por pinturas de Santos e Madonas da tradição cristã. Deixa um legado de retratos em giz e grafite de inúmeras personalidades. Costa Andrade foi uma liderança cultural do Tocantins.

O velório acontece na Funerária Pax Palmas, das 9h às 15h30, o sepultamento será no cemitério municipal e está previsto para às 16h.

Compartilhe com facebook
Compartilhe com twitter
Compartilhe com linkedin
Compartilhe com skype
Compartilhe com telegram
Compartilhe com whatsapp