Anvisa libera venda de autotestes de Covid-19 no Brasil

Medida não se aplica aos testes RT-PCR, apenas para os testes de antígenos.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) liberou nesta sexta-feira (28) a venda de autotestes de Covid-19 no Brasil. A decisão não é de efeito imediato, o próximo passo agora é dado por cada empresa interessada em comercializar o produto, que precisará registrar sua versão perante a Anvisa.

Vale ressaltar que os resultados positivos dos testes não serão considerados como casos confirmados em um quadro geral. O autoteste servirá como triagem mas não será aceito como ‘passaporte’ em viagens ou atestado médico.

O Ministério da Saúde será responsável pelas orientações sobre o uso dos autotestes, pessoas que testaram positivo devem informar a uma unidade de atendimento de saúde para que os profissionais possam confirmar o diagnóstico e passar a notificação e as orientações pertinentes ao paciente.

O produto já é utilizado em outro países e a diretora e relatora do processo, Cristiane Rose Jourdan, defende que o teste tem potencial para ser uma “estratégia de triagem” além de uma medida adicional no combate à pandemia.

Compartilhe com facebook
Compartilhe com twitter
Compartilhe com linkedin
Compartilhe com skype
Compartilhe com telegram
Compartilhe com whatsapp